24 de janeiro de 2009

Os amores de Liza. (Capítulo 03)

O diário de Liza.
Página 01
"- Querido novo diário, me chamo Ana Eliza Monjardim Fernandes e tenho 16 anos. Meus amigos e amigas me chamam de Liza. Estudo na mesma escola a 4 anos. Nas outras escolas sempre tive muitos amigos. Mas nesta... como foi difícil meu Deus... me lembro como se fosse hoje. Entrei no meio do ano. Eu cheguei na sala de aula e todo mundo me olhou de cima a baixo. Eu sentia uma certa rejeição da parte das meninas. Já dos meninos... foi bom, sabe?! Todos puxando meu saco e pedindo pra ficar comigo. Bem, isso é bom pro ego da gente, né?! Que menina não gosta de ter todos os garotos aos seus pés? Claro que as vezes enchia o saco, mas eu aguentava. Fazer o que, né?! hehe. Só fui conseguir fazer amizades de verdade quando cheguei no 1º ano do ensino médio. Sei lá, acho que ai todo mundo já estava completando 15 anos e amadurecendo. Pra ser bem sincera o 1º ano foi um marco na minha vida. E acho que na vida do resto da galera também. Foram amizades verdadeiras que nasceram, foi ver minhas amigas arrumando os primeiros namorados - é, porque eu sempre fui meio precoce nesse quesito. Não que eu seja uma... vocês sabem o que. Claro que não! Isso eu nunca fui e nem vou ser. Aliás, até hoje eu só tive dois namorados. Só? É, porque foram os únicos meninos que eu fiquei também. Só esses dois! Tem gente que acha isso um absurdo: o que? Você só ficou com dois meninos até hoje? Não acredito! Já outras pessoas...: Nossa, que legal! Parabéns! Difícil encontrar meninas assim hoje em dia! Eu concordo com a última opinião. Nós mulheres, temos que nos valorizar! Acho um absurdo sair por ai beijando pessoas que nem conhecemos. Mas tudo bem, não vou questionar isso com ninguém. Afinal, cada um pensa - e age - do seu jeito.
Só falo essas coisas pra você Diário. Só pra você. Até hoje já vivi dois grandes amores... que já acabaram. Mas eu nem sinto saudades, sabe?! E muito menos sofro. E se engana quem pensa que eu ainda amo algum deles. Já passou. Bola pra frente. O que eu quero mesmo é viver um novo amor.
Um amor avassalador... um amor tranquilo... um amor verdadeiro... um amor recíproco... duradouro, ou não!... um amor que me deixe nas nuvens... que me faça ser a mulher mais linda do mundo - mesmo que por um dia!... me faça perder o ar... que me faça suspirar... que me cante canções pra ninar... Na verdade, eu não quero um amor por muito tempo. Eu quero um amor que venha, se torne inesquecível, me torne inesquecível e vá embora. Não quero um amor pra me dar um ombro amigo, pra me acolher, secar o meu pranto! Eu quero um amor! Um amor que deixe saudades...




Que venha amor...


Que seja amor...


Que vá amor. Vá embora."


Liza.

3 comentários:

Fernanda disse...

espero que Liza encontre esse amor=)

darsh. disse...

é o primo dela??

:P

Lívia Maiolino. disse...

a maioria das minhas amigas tem namorado, eu não tenho, e digo mais sou muiito feliz!! quero um namorado assim como o da liza, não quero qualquer um só para mostrar para os outros!
mas, enquanto não aparece.. eu me divirto MUITO! ;DD

beijoo, adorei o texto